Críticas a Telo Pinto a frente da Câmara Municipal de Parintins se intensificam

Beto Farias apresentou documentos da contratação de empresa com dispensa de licitação. Linhares fez duro posicionamento e Telo prometeu esclarecer tudo na terça-feira.

Críticas a Telo Pinto a frente da Câmara Municipal de Parintins se intensificam Notícia do dia 04/12/2019

O  vereador Beto Farias (Podemos) voltou a tratar sobre  Requerimento 413/2019, na sessão do dia 3 de dezembro, em que pediu documentos sobre a contração de serviços para a Casa Legislativa. “Como Poder Legislativo, temos que mostrar transparência. Não é para ninguém se sentir ofendido, o que eu estou pedindo é uma simples documentação, em que estou aparado regimentalmente”, alegou.

 

O vereador apresentou documentos da contratação de uma empresa com dispensa de licitação de um sistema de segurança interna para a Câmara Municipal, com (16) dezesseis câmeras que custou 16.900,00 (dezesseis mil de novecentos reais). “Como eu poderei defender a presidência dessa Casa, se não há transparência. Não sou inimigo político, apenas quero dar esclarecimento aos eleitores”, afirmou.

 

Quem também se manifestou mais uma vez foi o líder do prefeito na Câmara, Cabo Linhares que também não poupou críticas a gestão de Telo Pinto.

 

Esclarecimentos

 

 

 

Por meio da assessoria da Câmara, Telo Pinto informou que  na próxima terça-feira (10/12) fará uma explanação de todos os gastos da Casa, com o relatório de execução financeira e orçamentária - todos os mapas de diárias, de combustível, de folha de pessoal.

 

 

 

 

 

 

 

Veja Mais

Das Antigas