Morre outra liderança indígena sateré-mawé com Covid-19

Amado Menezes estava quase um mês internado no hospital Jofre Cohen, em Parintins

Morre outra liderança indígena sateré-mawé com Covid-19 Tuxaua-geral Amado Menezes (Foto: Danilo Mello/Foto Amazonas/Amazônia Real) Notícia do dia 15/10/2020

O tuxaua geral sateré-mawé Amado Menezes Filho de 64 anos de idade morreu nesta quinta-feira, 15 de outubro, por complicações do novo Coronavirus em Parintins. Amado estava internado no hospital Jofre Cohen, unidade referência covid-19 desde o dia 23 de setembro e teve quadro agravado nas últimas semanas. 

 

Na terça-feira, o médico Alberto Figueiredo durante reunião do Comitê Gestor do Coronavirus em Parintins afirmou que a situação do tuxaua se agravou a tal ponto de não ser possível remoção a Manaus. 

 

O indígena Aldamir Sateré-mawé, em postagem no Facebook lamentou a perda de mais uma liderança indígena durante a pandemia. 

 

NOTA FÚNEBRE

 

O Capitão Geral da Tribo Sateré-Mawé, Aldamir Sateré, vem Comunicar que faleceu nesta tarde no Hospital Jofre Cohen, em Parintins, o Líder TUXAUA GERAL AMADO MENEZES FILHO, Natural de Ponta Alegre.

Quero em nome da minha família e dos meus familiares transmitir nossas condolências a família do Tuxaua Amado Menezes.

Descanse em paz TUI'S


DSEI


O Dsei - Distrito Sanitário Especial Indígena Parintins afirmou há cerca de 15 dias que o número de infecção do coronavirus em indígenas havia ampliado. 


Márcio Costa/ AmEmPauta

Veja Mais

Das Antigas