Oeste do Pará sofrerá com fechamento da divisa com Amazonas por falta de atendimento médico

Parintins e Manaus tem socorrido paraenses sem assistência de saúde do Estado. Recentemente, o ex-prefeito de Juruti e atual prefeito de Terra Santa buscaram socorro no Amazonas

Oeste do Pará sofrerá com fechamento da divisa com Amazonas por falta de atendimento médico Hospital Jofre Cohen de Parintins, sempre procurado por paraenses. Fotos Márcio Costa/AmEmPauta Notícia do dia 14/01/2021

 

As cidades do Oeste do Pará poderão sofrer com o bloqueio sanitário da divisa entre o Amazonas e o Pará, anunciado pelo Governador Helder Barbalho (MDB). É conhecido que há décadas o povo paraense das cidades de Juruti, Terra Santa, Faro entre outras buscam socorro de saúde em Parintins, por falta de investimentos do Governo do Estado e das próprias prefeituras.

 

Foto extraída site Parintins Amazonas

 

 

Os casos mais emblemáticos foram do ex-prefeito Henrique Costa de Juruti (PT) que buscou socorro em Parintins em 2020 antes de ser removido a Manaus e também o atual prefeito de Terra Santa Doca Albuquerque (PSD) que ficou internado no hospital da SAMEL, em Manaus. Empresários, vereadores também estão entre os que aportam em solo amazonense.

 

Trecho matéria BNC Amazonas

 

 

O hospital Jofre Cohen, unidade referência para o coronavirus em Parintins tem recebido pacientes de cidades do Pará nos últimos meses, confirmou a diretora geral da unidade, Joseane Mascarenhas. Até a UBS Francisco Luppino na agrovila de Vila Amazônia pertencente à Parintins, recebe Moradores de Juruti, informou Jesiel Prata, ex diretor da UBS. O próprio prefeito de Parintins Bi Garcia já havia falado sobre a demanda de moradores paraenses nas unidades de saúde do município e que sempre foram bem atendidos.

 

 

Atual prefeita de Juruti, Lucidia Batista, comemorou na sua rede social a barreira sanitária, mesmo sabendo que seu povo busca com frequência atendimento em Parintins.

 

DAVI ALMEIDA

 

Nesta quarta-feira, o prefeito de Manaus Davi Almeida disse que se fosse governador do Amazonas também decretaria fechamento na divisa com o estado do Pará, em resposta à ação de Helder Barbalho. 

 

Márcio Costa/AmEmPauta

Veja Mais

Das Antigas