Secretário de Estado da Saúde do Interior faz duras críticas a direção do Padre Colombo

Cássio Espírito Santo chegou a chamar de inescrupulosa a atitude da direção em outros momentos. Hospital de Parintins fechou as portas para pacientes SUS no dia 01.

Secretário de Estado da Saúde do Interior faz duras críticas a direção do Padre Colombo Divulgação Notícia do dia 03/10/2021

 

 

O secretário de Estado da Saúde do Interior Cássio Roberto do Espírito Santo em entrevista às emissoras de rádio neste sábado, 02, fez duras críticas a direção do Hospital Padre Colombo que resolveu paralisar os atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no dia 01 de outubro, em Parintins. O Estado repassou entre recursos financeiros, RH, locação de equipamentos, medicamentos e insumos entre outros o total em 2021 de 5.936.534,98. 

 

 

O secretário está extremamente irritado e lembrou que não é de hoje que existem problemas no Padre Colombo. Chegou a denominar como "inescrupulosa" uma das atitudes da direção, que durante a pandemia visitou o almoxarifado e encontrou sete respiradores novos, ainda na caixa. "E a população precisando e o Estado pagando a locação destes equipamentos que existiam lá. Isso para mim foi uma coisa no mínimo, inescrupulosa". 

 

"Acho que você fechar um hospital em menos de 24 horas, sem dá prazo para gente poder organizar e articular uma nova forma, é no mínimo desrespeitoso. E não é com uma Secretaria de Estado ou com uma Secretaria do Município. É com uma população que precisa do serviço. Eles como prestadores de serviço, que fornecem para isso, era um mínimo que fabricar era prestar um serviço de qualidade " 

 

"Eu sei tudo que a Prefeitura repassa ao Hospital Padre Colombo. Eu sei tudo que o Estado repassa ao Padre Colombo. Mas eu não sei o que o Hospital Padre Colombo, do recurso próprio dele, mexe lá. Do recurso que ele consegue de doações e outras coisas "

 

Ele reafirmou os argumentos usados ​​pelo Município e acrescentou que hoje a produção do Hospital Padre Colombo informada ao Governo Federal está abaixo do que fornecer em recursos.

 

MINISTÉRIO PÚBLICO

 

Cássio Espírito Santo informou que nesta segunda-feira terá uma audiência no Ministério Público em Manaus em conjunto com a Procuradoria Geral do Estado e Secretário de Estado da Saúde Anoar Samad para tratar sobre o tema. "O Ministério Público já vem acompanhando esta dinâmica de que quanto o Estado como o Município tem uma relação com o Padre Colombo em que a gente ajuda até mais do que deveria, por por eles ser uma instituição filantrópica".

 

OUÇA ENTREVISTA

 

 

Márcio Costa / AmEmPauta

Veja Mais

Das Antigas