Em Manaus, Mais de 12 mil adolescentes receberam a segunda dose contra a Covid-19 neste sábado

Em Manaus, a campanha de vacinação contra a Covid-19 está contemplando pessoas de 12 anos ou mais com primeira e segunda doses e com a dose de reforço pessoas a partir de 60 anos e trabalhadores da Saúde

Em Manaus, Mais de 12 mil adolescentes receberam a segunda dose contra a Covid-19 neste sábado Marcely Gomes / Semcom e Camila Batista / Semsa Notícia do dia 10/10/2021

 

 

Mais de 12 mil adolescentes de 12 a 17 anos compareceram, neste sábado, 9/10, aos pontos da Prefeitura de Manaus, para receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19, concluindo o esquema vacinal necessário para alcançar a eficácia do imunizante. Desde que começou a atender esse público em agosto, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já vacinou com a primeira dose mais de 180 mil jovens.

 

Para receber esse e os outros públicos que estão sendo vacinados, a Semsa disponibilizou 40 pontos em toda a cidade, que aplicaram quase 30 mil doses, entre primeira segunda e dose de reforço em oito horas de atendimento. Em Manaus, a campanha de vacinação contra a Covid-19 está contemplando pessoas de 12 anos ou mais com primeira e segunda doses e com a dose de reforço pessoas a partir de 60 anos e trabalhadores da Saúde que tenham concluído o esquema vacinal há pelo menos seis meses. As pessoas com alto grau de imunossupressão que tenham recebido a segunda dose há 28 dias ou mais estão recebendo a dose adicional.

 

A secretária da Semsa, Shádia Fraxe, informou que todos os jovens de 12 a 17 anos que tenham tomado a primeira dose há 56 dias ou mais podem procurar os pontos de vacinação para receber a segunda dose. “Eu deixo aqui a dica para os pais e mães que levem os filhos adolescentes para que recebam logo a segunda dose, que não deixem passar muito tempo. É de extrema importância completar o esquema vacinal. Os jovens estão em aulas presenciais, já estão começando a sair. Podemos ver que a realidade em nossa cidade já é outra, mas não devemos descuidar nesse momento, não só da vacinação, mas também das medidas de segurança, como o uso de máscara, de álcool em gel e de um distanciamento entre as pessoas, evitando aglomeração”, alertou.

 

A autônoma Joice Andrade aproveitou o sábado para levar logo a enteada Jamile para receber a segunda dose da vacina e garantir a proteção. “Nós consideramos muito importante que todos fiquem imunizados, não só pela família, mas também pela escola, porque ela já retornou às aulas presenciais. A vacina é necessária”, opinou.

 

O estudante André Kasuo, de 13 anos, foi ao Parque do Idoso, um dos 40 pontos disponibilizados pela Semsa, e recebeu a segunda dose. “Eu quero convidar todos os adolescentes a tomar a primeira e a segunda dose da vacina para se prevenir e também as suas famílias”, sugeriu.

 

Campanha

 

O Vacinômetro municipal indica que, até este sábado, foram aplicadas 2.610.810 doses, sendo 1.564.610 primeiras doses, 1.002.453 segundas doses, 18.539 doses de reforço e 25.163 doses únicas. De acordo com os registros da Semsa, 56% da população vacinável na capital está com o esquema completo. Somado ao percentual de dose única, o município passa dos 57% da imunização necessária contra os efeitos graves do coronavírus.

 

Na segunda-feira, 11/10 ponto facultativo, e na terça-feira, 12/10, feriado dedicado à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, não haverá vacinação. O atendimento será retomado na quarta-feira, 13/10, em 39 pontos de vacinação, sendo quatro estratégicos e 35 unidades da Semsa entre UBSs, policlínicas e clínicas da família.

 

-- -- --

 

 Sandra Monteiro / Semsa

 

 

Veja Mais

Das Antigas