Comandante da balsa e Suspeito de atirar e matar Militar da Marinha se apresentam a Polícia Civil 

Com a apresentação, ambos saíram do flagrante

Comandante da balsa e Suspeito de atirar e matar Militar da Marinha se apresentam a Polícia Civil  Foto: Márcio Costa/AmEmPauta Notícia do dia 21/11/2021

 

 

O comandante do comboio de balsas e o suspeito de ter disparado tiro que matou um militar da Marinha do Brasil na madrugada deste domingo, 21, se apresentaram a polícia civil nesta manhã de domingo, saindo do flagrante.

 

Os nomes da vítima fatal, do militar que continua internado no hospital Jofre Cohen e dos tripulantes da balsa não foram divulgados pelas autoridades. 

 

A ocorrência que matou o militar e que também deixou outro ferido ocorreu na região próximo ao Paraná do Albano. 

 

Por volta das 11 horas homens da Polícia Civil e da Marinha estiveram no comboio de balsa de combustível levantando novas informações para embasar investigação que será realizada pela Justiça Militar e apreender as armas. 

 

O corpo do militar que seria levado direto para perícia em Manaus, segundo o investigador José Maria Castro, será inicialmente periciado no Instituto Médico Legal de Parintins, por determinação das autoridades envolvidas no caso. 

 

Os tripulantes do comboio de balsas afirmaram, em contato com policiais civis, que achavam que a abordagem que estava ocorrendo era de piratas que assaltam embarcações especialmente à noite, e não militares. 

 

É comum a ocorrência de assaltos por piratas na região onde o fato ocorreu. 

LEIA MAIS: Suboficial da Marinha é morto a tiros ao participar de operação no Rio Amazonas

 

Corpo do militar chegou ao Instituto médico Legal de Parintins

Foto Antônio José/AmEmPauta

 

Márcio Costa/AmEmPauta

Veja Mais

Das Antigas