Comandante diz que houve falha de comunicação na abordagem da Marinha que terminou com um morto no AM

A ação terminou com um morto e quatro feridos

Comandante diz que houve falha de comunicação na abordagem da Marinha que terminou com um morto no AM Notícia do dia 22/11/2021

O comandante da balsa petroleira Waldomiro Lustosa em entrevista exclusiva dada ao repórter policial da Rádio Clube Cleimer Carneiro disse que houve falha de comunicação na abordagem da Marinha do Brasil na madrugada de domingo que resultou na morte de um suboficial e mais quatro feridos sendo um sargento e três membros da tripulação do rebocador. 

 

 Edmilson Cardoso foi enfático em afirmar que não houve comunicado via rádio para que houvesse a abordagem. Ele lembrou que o local onde aconteceu a ocorrência é conhecida como área vermelha por conta de inúmeras ocorrências de roubos praticados pelos piratas do rio e que na ocasião em que a lancha com os militares se aproximou, o segurança tentou um comunicado verbal sem sucesso, foi então que efetuou um único disparo com escopeta calibre 12. 

 

O disparo atingiu o suboficial e o sargento. Disse que que houve então uma rajada de disparos da lancha da Marinha em direção a balsa ferindo três membros da tripulação. 

 

O comandante da balsa Edmilson Cardoso reitera que não sabiam que se tratavam de militares da Marinha do Brasil. 

 

"A gente estava numa área vermelha, de piratas ali. Essa abordagem foi feita sem comunicação prévia, então o pessoal estava dormindo descansando. Só estavam de serviço o pessoal de máquinas e segurança. O segurança quando viu aproximação, tentou contato verbal, mas não obteve êxito e efetuou um disparo dizendo ele que foi um disparo para a água. A segurança do navio é uma empresa terceirizada. Aconteceu esse incidente e eles abriram uma rajada de fogo contra a gente...", disse o comandante. 

 

OUÇA ENTREVISTA DO COMANDANTE 

 

O comandante Edmilson Cardoso lembrou ainda que no local onde acontece os assaltos os criminosos utilizam embarcações semelhantes a da polícia giroflex, camisas da Polícia Civil e outras coisas, quando entram no barco já era.

LEIA MAIS: Suboficial da Marinha é morto a tiros ao participar de operação no Rio Amazonas

 

 Marinha do Brasil divulga nota sobre morte de militar durante operação no Rio Amazonas

 

Em nota, empresa proprietária do comboio de Balsas lamenta morte de militar da Marinha e confirma mais três feridos

 

Márcio Costa/AmEmPauta com informações de Cleimer Carneiro 

Veja Mais

Das Antigas