Morre Klinger Araújo aos 51 anos

O conhecido Furacão do Boi morreu em decorrência de complicações do novo coronavirus

Morre Klinger Araújo aos 51 anos Notícia do dia 29/09/2020

 


Klinger Araújo, um dos grandes nomes da história do Festival de Parintins faleceu no final da manhã desta terça-feira, em Manaus, em decorrência de complicações do novo Coronavirus. Conhecido como o Furacão do Boi, além de cantor e compositor era flautista e sempre teve atuação voltada a divulgação do Festival da sua cidade Parintins e da cultura do Amazonas. 


Estava há várias semanas internado no Hospital Samel com quadro instável. 


O BNC Amazonas lembrou que No fim da década de 1980, recém-chegado do interior e com passagem pela rádio Alvorada FM, que ajudou fundar em dezembro de 1986, na capital, locutor da rádio Difusora, após passagem pela rádio Cidade, Klinger conseguiu tocar em seu programa toadas que recebia de amigos que gravavam em Parintins os ensaios de Garantido e Caprichoso.


Àquela época, os bois ainda não haviam gravado nenhum disco, mas ele tocava fitas k7 gravadas sem qualidade.


Dessa experiência, nasce o cantor Klinger Araújo, até então locutor, imitador, que reúne toadas as habilidades que possuía e passa a se diferenciar dos demais cantadores de boi da época.


Márcio Costa/ AmEmPauta
Com dados do BNC Amazonas

Veja Mais

Das Antigas