Comando da PM de Parintins-AM afasta policial que teria se desentendido com membros de igreja evangélica

Comando da PM de Parintins-AM afasta policial que teria se desentendido com membros de igreja evangélica Comandante Corrêa Júnior disse que não se trata de pré-julgamento mas sim e uma forma apurar o caso com maior neutralidade possível Notícia do dia 13/01/2020

 

 

A Polícia Militar em Parintins meio do comandante Tenente-coronel Correia Junior afastou de suas funções operacionais o policial, que segundo denúncias se desentendeu com membros de uma igreja evangélica no município. O caso em que o PM aparece fardado foi registrado em vídeo publicado nas redes sociais e que foi pauta de matéria do Portal do Zacarias, de Manaus.

 

Em nota na manhã desta segunda-feira, 13, o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar destacou as providências da corporação. Em entrevista a rograma da Rádio Clube afirmou que não se trata de pré-julgamento em relação ao policial, mas sim uma forma da instituição apurar o caso com maior neutralidade possível.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Comandante do 11° Batalhão de Polícia Militar Tenente-coronel José Francisco Bonates Corrêa Júnior vem a público esclarecer que até o presente momento não foi formalizada nenhuma denúncia envolvendo qualquer policial militar pertencente ao efetivo do Batalhão "TUPINAMBARANA".

 

O comandante ressalta que ao tomar conhecimento de um possível desvio de conduta de um policial militar, o qual ganhou grande repercussão nas mídias sociais do estado, afastou do serviço operacional o referido militar e aguarda a decisão do Comando Geral da PM para a sua transferência ou não.

 

Reiteramos que a postura do comando do 11° Batalhão demonstra o total comprometimento com a imparcialidade, primando pela legalidade, combatendo veementemente possíveis excessos que contrariam às diretrizes da Corporação que preza sempre pelo bem comum, com o dever de servir, proteger e preservar os direitos individuais e coletivos.

Veja Mais

Das Antigas