Prefeitura de Parintins se propõe assumir Hospital Padre Colombo

Unidade de saúde da diocese de Parintins está em constantes problemas financeiros

Prefeitura de Parintins se propõe assumir Hospital Padre Colombo Foto Márcio Costa/ AmEmPauta Notícia do dia 30/09/2021

 

 

 

 

 

Em nota assinada pela Secretaria Municipal de Saúde no começo da tarde desta quinta-feira, 30 de setembro, a Prefeitura de Parintins se propõe a assumir o controle do Hospital Padre Colombo, que passa por problemas financeiros há vários anos. Na manhã desta quinta, o Padre Mauro romanello, que comanda o hospital anunciou que a instituição fechará as portas a zero hora deste 1º de outubro. 

 

A secretaria de saúde elencou que tem repassando recursos financeiros, recursos humanos, e enumerou ainda investimentos feitos pelo Governo do Amazonas. Somando estado e município, o padre Colombo, segundo a nota, recebe cerca de R$ 1,5 milhão mensais em média.

 

 

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

 

Sobre a tentativa da direção do Hospital Padre Colombo em querer transferir para a Prefeitura de Parintins sua responsabilidade a respeito das denúncias sobre casos de violência obstétrica que teriam causado a morte de bebês e a suspensão dos serviços da unidade hospitalar para usuários do SUS por falta de cobertura contratual, a Secretaria Municipal de Saúde de Parintins refuta com veemência essa inflexão, fazendo os seguintes esclarecimentos: 

 

01 – O hospital Padre Colombo é uma entidade filantrópica, prestadora de serviços, conveniada com o Governo Federal, Governo Estadual e Governo Municipal.

 

02 – A Prefeitura de Parintins repassa mensalmente para o hospital Padre Colombo um total de R$ 609.715,85, referentes à produção paga pelo SUS (R$ 278.915,85). Além desse convênio, o Município disponibiliza 62 servidores, sendo 10 médicos especialistas (R$ 330.800,00). 

 

03 – O Governo do Estado faz o repasse mensal de R$ 975.234,56, referente ao pagamento de servidores SES-AM, custeio de Recurso CIB e aquisição de medicamentos e químicos cirúrgicos. 

 

04 – Somados os repasses federais, estaduais e municipais, o hospital Padre Colombo recebe mensalmente o valor de R$ 1.584.950,41. 

 

05 – Foi determinado pelo próprio hospital Padre Colombo que, desde o dia 1º de agosto de 2021, o atendimento materno infantil seria de sua responsabilidade, com 24 leitos em funcionamento. Ao hospital Jofre Cohen ficou a atribuição de atender as demandas de ortopedia (emergência, ambulatorial e cirurgia), clínica médica adulta, clínica cirúrgica e cirurgias eletivas com 102 leitos em operação. 

 

06 – O valor repassado pela Prefeitura referente à produtividade do hospital Padre Colombo foi pactuado entre as duas entidades com base no teto MAC que o Ministério da Saúde estipula ao Município. Vale ressaltar que em 2020, a Prefeitura de Parintins repassou um valor de R$ 500 mil a mais do que a produtividade realizada ao longo do ano.

 

07 – Os serviços prestados pelo hospital Padre Colombo são imprescindíveis para a população de Parintins. Diante das dificuldades apresentadas em gerir esta renomada unidade de saúde, a Prefeitura de Parintins se coloca à disposição, como parceira que sempre foi, para administrá-lo.

 

Secretaria Municipal de Saúde

 

 

Veja Mais

Das Antigas