FESTIVAL DE PARINTINS 2024: Secretaria de Segurança Pública do Amazonas envia equipe de atendimento emergencial para atuar no evento

Especialistas em atendimentos tele-emergenciais irão prestar informações à população

FESTIVAL DE PARINTINS 2024: Secretaria de Segurança Pública do Amazonas envia equipe de atendimento emergencial para atuar no evento Divulgação/SSP-AM Notícia do dia 14/06/2024

 

Durante o 57º Festival de Parintins, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), irá enviar equipes do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) para realizar os atendimentos emergenciais na Ilha Tupinambarana. Os atendentes, especialistas em atendimentos tele-emergenciais, embarcam para a ilha no dia 22 de junho.

 

 

Os servidores irão atuar em ocorrências policiais e no repasse de informações à população que irá prestigiar o Festival. De acordo com o chefe do Ciops, coronel Carlos Freitas, este ano, a equipe contará com novos servidores concursados, que tomaram posse no dia 11 de dezembro de 2023.

 

 

“Nós iremos somar esforços às equipes que já atuam nesse atendimento no município, com a finalidade de estarmos de prontidão para atendermos qualquer demanda de ocorrência que envolva as forças de segurança”, destacou o chefe do Ciops.

 

 

As chamadas emergenciais para Polícia Militar do Amazonas (PMAM) poderão ser efetuadas por meio do canal de Linha Direta do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Parintins (92) 99152-1907/ (92) 98455-5365 e pelo telefone da ⁠Ronda Maria da Penha, sediado na ilha, por meio do (92) 99527-8008.

 

 

Para as emergências que envolvem o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), o solicitante vai usar o número de linha direta da corporação que atua em Parintins - (92) 99236-6638. Todos os números funcionarão 24h.

 

 

Nivelamento

 

 

Antes do embarque, as equipes passarão por um curso de nivelamento, que será ministrado pela SSP com objetivo de instruir os servidores e deixá-los preparados para a atualização dos programas de georreferenciamento, na Ilha Tupinambarana.

 

 

Veja Mais

Das Antigas

VEJA MAIS